ASSINE NOSSA LISTA E RECEBA NOVIDADES POR E-MAIL

NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Preto Ícone Pinterest
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram

© 2019 por JOANINHABRASIL*. 

Diário de viagem ao Panamá!

June 27, 2017

San Blas ficou só no desejo!

 

Ao chegar no aeroporto do Panamá se necessário pedir um táxi, acesse antes o aplicativo do Uber. Sim, lá funciona, aí faça uma comparação de valores dependendo do horário o Uber é uma opção bem mais barata.

 

Pagamos US$ 35,00 por um táxi para o centro onde fica o Hotel Riu Plaza, que convertido fica caro para os padrões brasileiros, mas há taxistas que chegam à cobrar até 60 dólares.

 

Outra dica importante é levar dólares do Brasil, as casas de câmbio no Panamá pasmem, cobram até R$3,80 para trocar reais em dólares e no aeroporto R$3,60, ou seja, um pouco mais em conta.

 

Nós conhecemos:

 

Canal do Panamá, impossível ir ao Panamá e não visitar uma das obras mais impressionantes da engenharia, o Canal do Panamá. O ticket custa US$15,00 por pessoa, isso lhe proporciona ficar em uma plataforma e ver um navio passar pelo Canal, assistir um filme sobre a história da construção da estrutura e depois visitar o museu.

 

Fomos até lá de Uber e como era feriado pagamos muito barato, depois fomos direto ao Casco Antiguo.

 

Casco Antiguo, construída em 1673 é considerada a “segunda cidade”, foi construída após a primeira vila ter sido totalmente saqueada e destruída por piratas em 1671 na região do Panama Viejo.

 

 

Por ser feriado na cidade muitas lojas estavam fechadas, mas definitivamente o lugar é muito lindo. O Casco Antiguo foi declarado Monumento Histórico pela UNESCO, há vários prédios em estilo colonial restaurados, que dão charme ao lugar. Há uma mistura de lojinhas repletas de cacarecos da região e boutiques sofisticadas com roupas de linho, bolsas e lindos acessórios.

 

Indicamos uma visita a loja Viviendo Ave A (calle 4ta y 5ta), tem bolsas de palhas lindas feitas pelas artesãs da região e a La Huaca, um espaço de arte bem agradável, com várias obras do artista panamenho Rolo de Sedes.

 

Poderíamos ter aproveitado mais, porém “esquecemos” o celular carregando no Uber, o que nos tomou muito tempo para tentar recuperá-lo, vamos contar essa experiência, até porque deve ser muito comum as pessoas esquecerem seus pertences em Uber ou táxis.

 

Sempre acionávamos o Uber pelo meu celular, mas dessa vez foi pelo celular do meu marido, enfim, logo que desci do carro ao chegar no Casco percebi que esqueci o celular dentro do veículo, rapidamente antes que ela encerasse a corrida consegui pegar as informações como telefone e todos os dados do carro, corri até uma loja (uma das poucas lojas abertas) e pedi para um rapaz ligar para ela (a motorista) e solicitei que retornasse no local onde me deixou para entregar meu celular, ela disse que retornaria em 2 a 3 minutos (ufa!), só que passados 20 minutos não retornou, ligamos mais uma vez, e ela informou que havia pego um passageiro e retornaria no local em 40 ou 50 minutos, depois 2 horas ela não retornou e não atendia mais nossas ligações.

 

Resolvemos deixar isso para mais tarde e tentar aproveitar o dia, já que passaríamos somente duas noites do Panamá. De lá seguimos para o famoso shopping Allbrook Mall, um dos mais recomendados para compras.

 

Antes de fazermos essa viagem pesquisamos muito sobre o local e pegamos muitas dicas interessantes do que fazer no Panamá, estávamos com a ilusão de que seria o lugar ideal para compras, pois dizem ser até melhor que Miami, só que não.

 

Por exemplo, claro que fui ver um celular novo, lá eu gastaria por voltar de USD378 (mais o imposto de 7%, que não são ressarcidos como em Cartagena) na loja com o preço mais barato, o que me custaria por volta de R$ 1375,00 aqui no Brasil o mesmo celular está custando o mesmo valor que lá, só que com a facilidade de parcelamento e sem correr risco de sermos pegos na alfandega. 

 

A única coisa que realmente vale a pena é a ZARA, poderia passar horas comprando, jaquetas tem preços muito melhores do que as lojas aqui no Brasil, e com mais estilo também, isso também vale para as roupas femininas, masculinas e infantis, dá vontade de trazer muita coisa.

 

O Allbrook é um shopping que não encontramos muitas vantagens. Dizem que o shopping mais popular de todos fica em Los Pueblos, só que a localização é muito perigosa.

 

É possível conhecer os 3 lugares acima (Canal do Panamá, Casco Antiguo e Allbrook Mall)  tranquilamente em um único dia, e olha que chegamos no Hotel às 10 horas e iniciamos essa jornada após esse horário.

 

Quanto ao meu celular, não conseguimos recuperar. Fomos até um atendimento do Uber e a motorista foi bloqueada, ou seja, não poderá prestar serviços pelo aplicativo até que compareça no local para dar uma justificativa. Depois de toda essa confusão fomos até o Biomuseo.

 

Biomuseo, é umas das atrações localizada na Calzada de Amador. O local é muito lindo por fora, possui uma lindíssima estrutura metálica e multicolorida. O ticket custa em média US$18,00.

 

 

 

É um lugar onde você pode tirar lindas fotos, e ainda passear pelo pátio. Como tínhamos pouco tempo não conseguimos ver tudo. Aconselhamos alugar uma bicicleta e sair pedalando pela Calzada Amador.

 

Amador Causeway, uma calçada de uns 2 km que interliga o continente às Ilhas Flaminco e Perico. O causeway margeia a estrada no Canal, a ciclovia é ótima, na última Ilha você poderá encontrar restaurantes por toda parte, com uma vista linda dos barcos e tomar um drink.

 

Gostaríamos de ter ficado mais lá para apreciarmos a bela vista, mas uma tempestade estava se aproximando e tentamos correr ao ponto da bike para devolver sem sermos pegos pela chuva, mas no meio do trajeto de volta não teve jeito, a chuva forte começou a cair.

 

O jeito foi pedalar com uma mistura de risos e choro, porque devido ao vento já não tínhamos muita força para seguir. No Panamá nessa época de abril/maio, pode amanhecer chovendo, mas logo sai sol e depois chove novamente. Encharcados, pegamos um táxi com banco de couro obviamente e seguidos para Hotel, envergonhados pois minha roupa ficou toda transparente (risos), mas vale a história.

 

 

Maiô Frida *Joaninha Brasi

Faltou conhecer:

  1. San Blas, dizem que visitar o Panamá e não conhecer esse arquipélago é uma verdadeira heresia.

  2. Ruinas do Panamá Valejo. A Cidade do Panamá foi fundada em 1519. Em 1671, foi atacada por piratas. O destaque das ruínas é a Catedral, com sua imponente torre, que oferece uma linda vista da área verde da região.

  3. Hard Rock Hotel, é um dos principais hotéis da Cidade do Panamá, tem 7 bares e 4 restaurantes, considerada a melhor casa noturna da região. Quem se hospeda no Hard Rock tem entrada gratuita em todos os bares e ainda, como cortesia tem 20 dólares para consumir bebidas nos bares selecionados.

 

O Panamá deixou um gostinho de quero mais, ficamos pouco tempo, ah o meu celular? Ficou no Panamá, não me devolveram.

 

Segue uma dica, em casos semelhantes procure a Polícia de Turismo, se eu o tivesse conseguido rastreá-lo eu teria procurado uma. Eu não vou tê-lo de volta, mas a motorista mal-intencionada também não irá utilizá-lo (o dela estava todo quebrado).

 

Quanto a segurança no país, parece ser tranquila. No Casco Antiguo você poderá ver pessoas vestidas elegantemente passeando pelas ruas com suas roupas de linho e um típico chapéu Panamá.

 

Não poderá faltar em sua mala, pelo menos 2 pares de um bom tênis, eu só levei um e com a chuva que tomei em Amador Causeway, precisei comprar outro e isso me fez conhecer e pesquisar sobre os outlets da Adidas, Puma e Nike, nessas lojas valem mais a pena comprar. É bom ter na bagagem roupas leves, a noite é quente e a cidade é bem abafada.

 

Até a próxima e boa viagem!

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Look para Réveillon por Joaninha Brasil

December 14, 2017

1/3
Please reload

Posts Recentes

May 11, 2018